Home / Acervo Botânico / Acacia podalyriifolia, Acácia Mimosa

Acacia podalyriifolia, Acácia Mimosa

acacia podalyriifolia, acacia mimosa, arvores e arbustos

Flores e folhas da Acacia podalyriifolia, espécie australiana conhecida no Brasil como acácia mimosa.

 

Dados Botânicos

Nome CientíficoAcacia podalyriifolia A. Cunn ex G. Don.;

Nome popular: Acácia mimosa; 

Família: Fabaceae;

Ocorrência: Australia;

Ciclo de vida: Perene;

Luminosidade: Pleno sol e Meia-sombra;

Irrigação: A intervalos bem espaçados;

Clima: Tropical e subtropical.

Floração: Inverno, principalmente.

Dificuldade: Baixa.

Acacia podalyriifolia A. Cunn ex G. Don., ou simplesmente Acácia mimosa, é uma árvore de pequeno porte, atingindo no máximo 5 a 6 metros de altura. Pertencente a família Fabaceae (ex-Leguminosae) é de origem Australiana e adaptou-se muito bem ao território nacional, sendo utilizada para fins paisagísticos, especialmente no sul e sudeste do país.

Falsa acacia mimosa, acacia negra

Falsa acacia mimosa. Retirada do sítio Faz Facil.

As folhas azuladas com tom acinzentado, de formato oval, crescem opostas ao longo do ramo principal, normalmente longo e composto de várias folhas. Na verdade, aquilo que chamamos de folhas, nessa Acácia são, na realidade, modificações do pecíolo, e não folhas no sentido propriamente dito. Ainda assim, a função é basicamente a mesma.

As flores são muito pequenas e amareladas, com aspecto macio, provavelmente devido a grande presença de estames. Os frutos apresentam-se em formato de vagens, com até 12 cm de comprimento. A floração ocorre no inverno. 

Em alguns sítios web, são apresentadas fotos de Acácia negra, Acacia mearnsii DeWild, como sendo da Acácia mimosa. O engano pode ser facilmente desfeito, observando a coloração das folhas, cuja cobertura polvorosa dá a espécie de que tratamos o aspecto prateado, enquanto a Acácia negra possui folhas muito pequenas, que crescem de forma oposta em ramos curtos.

Além disso, essa espécie possui folhas bem verdes, enquanto a espécie que descrevemos, não. Veja na foto ao lado a foto de outra espécie apresentada como a A. podalyriifolia, e compare com as fotos na galeria abaixo.

 O gênero Acacia é quase todos exclusivo da Austrália, com raras excessões. No passado, contudo, o gênero abrigou cerca de 1300 espécies. Recentemente, os botânicos dividiram-nas em outros cinco gêneros: Acacia, Acaciella, Mariosousa, Senegalia e Vachella. A maioria das espécies sul-americanas foram agrupadas no gênero Senegalia.

Uma das diferenças substanciais entre as espécies do gênero Acacia e as outras é o fato de que, de todas as anteriormente reconhecidas como pertencentes ao gênero, as únicas que não possuíam espinhos eram as australianas. O curioso de tudo isso é que o nome Acacia provém do grego “akakía”. Foi esse o nome empregado pela primeira vez para designar uma árvore desse gênero, por um médico grego, que batizou-a a partir de uma de suas características, o espinho, em grego “akis”.

Muitas árvores desse gênero são utilizadas para fins medicinais, outras fornecem frutos comestíveis. Não é o caso, até onde se sabe, dessa Acacia podalyriifolia A. Cunn. ex G. Dunn., embora compartilhe com suas irmãs de alguns dos compostos químicos utilizados para fins medicinais. 

 

Cuidados básicos e adubação

Trata-se de uma planta de fácil manejo, que tolera temperaturas relativamente baixas e períodos de seca. Prefere solos drenáveis, ricos em matéria orgânica, mantidos úmidos ou regados a intervalos espaçados. Recomenda-se maior número de regas nos primeiros dias e, após, diminuir gradualmente. 

O plantio pode ser feito em covas de 60×60 cm, utilizando-se composto orgânico e terra areno-argilosa. O cultivo por sementes pode ser feito em vasos, mas a semente exige calor para a quebra de dormência.

Acacia podalyriifolia A. Cunn. ex G. Don. no paisagismo 

Utilizada tanto para a arborização urbana quanto no paisagismo o residencial, como planta isolada, a Acácia mimosa também possui valor simbólico para muitas crenças e grupos. É comum vê-la adornando a entrada de templos maçons, seita que lhe confere significado especial.

Seus principais atrativos são a cor azul-acinzentado da folha e as flores, amarelo-douradas, com aparência macia. As flores também podem ser utilizadas como flor de corte na decoração de interiores.


Arte Botânica

Imagens retiradas do http://www.plantillustrations.org

Na galeria abaixo, foram adicionadas ilustrações de três espécies distintas, mas muito semelhantes. Uma delas é a Acacia podalyriifolia A. Cunn. ex G. Don. Confira. 

 


Referências e links interessantes

Faz Facil

Australian Native Plants Society

Plantas Ornamentais no Brasil livro de Hari Lorenzi e Hermes Moreira de Souza. Clique no link para ir a livraria cultura.

About Frederico Teixeira Gorski

Frederico Teixeira Gorski é bacharel em Psicologia pela Universidade Federal de Santa Catarina. Estudou Teatro na Universidade Estadual de Santa Catarina e iniciou seus estudos em paisagismo com a professora Jane Pilotto, no curso Paisagismo Ecológico. Desde a Psicologia, interessou-se pelo estudo do Espaço Urbano. Em 2011, criou a primeira versão do Jardim de Calatéia como blog, com a intenção de transformá-lo em um portal que reunisse artigos que abrangessem desde a Arquitetura Paisagística, até o estudo botânico, passando pelas artes visuais.

  • Excelente matéria !!!