Home / Artes / Arte Botânica / Exobiotanica, a botânica espacial de Azuma Makoto

Exobiotanica, a botânica espacial de Azuma Makoto

Azuma Makoto é um artista e comerciante japonês dedicado a escultura botânica cuja obra contrapõe-se à tradicional arte japonesa do Ikebana. À primeira vista, pode parecer estranho a afirmativa, feita pelo próprio Azuma, de que sua produção procura contradizer e até mesmo implodir a técnica floral nipônica. Exobiotanica, “instalação” realizada em julho do ano passado, ilustra bem o que disse o artista ao site 5election.com: “Não há um estilo em particular. Ikebana é sobre a forma. Se eu tivesse um estilo, esse seria quebrar a forma”.

Em Exobiotanica – uma viagem espacial botânica, Makoto prepara uma arranjo floral com lírios, orquídeas, antúrios, bromélias, helicônias e algumas outras flores, predominantemente tropicais e o lança ao espaço em uma moldura de metal suspensas por um balão especial, acompanhados de câmeras e um gps, capaz de elevá-los a 30.000 mil pés (ou até a estratosfera). 

Além desse arranjo floral, Makoto enviou ao espaço, ainda que por curto período de tempo, um bonsai de pinho branco (Pinus strobus L.) de cerca de 50 anos.

O resultado pode ser visto abaixo ou através do site do projeto.

 

 

About Frederico Teixeira Gorski

Frederico Teixeira Gorski é bacharel em Psicologia pela Universidade Federal de Santa Catarina. Estudou Teatro na Universidade Estadual de Santa Catarina e iniciou seus estudos em paisagismo com a professora Jane Pilotto, no curso Paisagismo Ecológico. Desde a Psicologia, interessou-se pelo estudo do Espaço Urbano. Em 2011, criou a primeira versão do Jardim de Calatéia como blog, com a intenção de transformá-lo em um portal que reunisse artigos que abrangessem desde a Arquitetura Paisagística, até o estudo botânico, passando pelas artes visuais.