Home / Artes / Poinsettia, a flor natalina que já foi flor dos Astecas

Poinsettia, a flor natalina que já foi flor dos Astecas

Não me recordo, na infância, da mania pelas Poinsettia, planta com brácteas (folhas modificadas) vermelhas que invadem agora, não raro, as casas no natal. De toda maneira, esse costume certamente nos chegou por influência norte-americana, a quem pode-se atribuir, com certa precisão, a “invenção” desse costume. A revista Garden&Design lançou matéria, há duas semanas, sobre o assunto. Já no primeiro parágrafo, o vínculo formado entre a planta e o espírito natalino tem seu início datado na década de 60: “Nos anos 60, uma plantinha num pote começa a aparecer como pano de fundo para especiais de fim de ano”.

De alguma maneira, a ligação tornou o seu uso limitado a certa época do ano, um espécie de pinheiro em miniatura, guardadas as devidas proporções, é claro. Tanto assim, que uma busca por imagens no Google trará a Poinsettia sempre sob fundo branco, quase nunca em ambiente natural.

Sua fama, contudo, precede e ultrapassa nossa cultura. Era símbolo já entre os Astecas, de quem se conta muitas lendas e histórias. Numa delas, Montezuma, imperador Asteca, mandava trazer por expedições a planta, que não suportaria a altitude (e, provavelmente, o frio).

Com efeito, da família das Euphorbiaceaes, a Poinsettia não é uma planta que suporta temperaturas muito baixas, apesar de sua associação com o natal e, por conseqüencia, com toda a cultura do frio, nórdica, que a data nos lembra, apesar de nosso sol tropical.

About Frederico Teixeira Gorski

Frederico Teixeira Gorski é bacharel em Psicologia pela Universidade Federal de Santa Catarina. Estudou Teatro na Universidade Estadual de Santa Catarina e iniciou seus estudos em paisagismo com a professora Jane Pilotto, no curso Paisagismo Ecológico. Desde a Psicologia, interessou-se pelo estudo do Espaço Urbano. Em 2011, criou a primeira versão do Jardim de Calatéia como blog, com a intenção de transformá-lo em um portal que reunisse artigos que abrangessem desde a Arquitetura Paisagística, até o estudo botânico, passando pelas artes visuais.