Home / Artes / Arte Botânica / Psicodelarium de Ciro MacCord

Psicodelarium de Ciro MacCord

ilustras

Psicodelarium – atlas de espécies psicodélicas é uma projeto editorial do ilustrador e designer gráfico Ciro MacCord, que pretende viabilizar a publicação de um livro com ilustrações artísticas e científicas de 25 espécies com propriedade alucinógenas nos reinos Plantae e Fungi. Atualmente em fase de financiamento via site catarse.me, Ciro oferece aos apoiadores brindes pelas doações que vão desde uma cópia eletrônica e agradecimentos na página, até cópia impressa e ilustrações originais feitas sob encomendas.

Psicodelarium é um projeto de fôlego que envolve uma pesquisa etnobotânica desenvolvida durante anos pelo artista que já percorreu diversos países latino-americanos, convivendo em comunidades indígenas e xamânicas. A edição, que, em caso de obtenção dos recursos necessários para finalizá-las, deve estar pronta em novembro desse ano, contará ainda com informações botânicas, fitoquímicas, de história e usos pelos povos tradicionais. 

Ciro MacCord é um artista visual que desenvolve trabalhos na área de design, utilizando técnicas de ilustração, pintura e colagem aliadas a ferramentas digitais. Nascido em Minas Gerais, renunciou ao modo de vida urbano assumindo-se como andarilho. Daí ter, em suas caminhadas, entrado em contato com outras culturas indígenas, tanto no Brasil como no resto da América do Sul. 

Para financiar a produção e publicação do livro, Ciro necessitará ainda arrecadar em torno de R$ 15.000,00 nos próximos 13 dias. Caso não alcance a quantia, o dinheiro é devolvido aos colaboradores.

Para colaborar com o projeto, visite o catarse.me. Abaixo, uma amostra das ilustrações e do projeto gráfico do livro.

 

About Frederico Teixeira Gorski

Frederico Teixeira Gorski é bacharel em Psicologia pela Universidade Federal de Santa Catarina. Estudou Teatro na Universidade Estadual de Santa Catarina e iniciou seus estudos em paisagismo com a professora Jane Pilotto, no curso Paisagismo Ecológico. Desde a Psicologia, interessou-se pelo estudo do Espaço Urbano. Em 2011, criou a primeira versão do Jardim de Calatéia como blog, com a intenção de transformá-lo em um portal que reunisse artigos que abrangessem desde a Arquitetura Paisagística, até o estudo botânico, passando pelas artes visuais.