Home / Tecnologias / iPad e iPhone / Como utilizar o seu iPad ou iPhone no Paisagismo e na Jardinagem

Como utilizar o seu iPad ou iPhone no Paisagismo e na Jardinagem

[retweet]

Olá, leitores do Jardim de Calatéia. Nesse início de semana, gostaria de voltar a um tema bastante presente nos primeiros posts desse blog e que desde então é motivo de um grande número de visitas: a utilização do iPad e do iPhone para a manutenção e o planejamento de seu jardim. Existe um grande número de aplicativos que podem ser úteis ao paisagista de diversas maneiras, desde o planejamento financeiro e a fotografia, passando pelo desenho e a apresentação de trabalho, até o inventário de plantas. Os aplicativos estritamente técnicos, voltados mais propriamente a jardinagem

, infelizmente, são ainda poucos e, opinião minha, ainda carentes de inúmeras funcionalidades e até de um design mais apropriado ao uso na profissão, mas há muitos dos quais se pode tirar um bom proveito. Como pretendo voltar mais vezes ao assunto, vou fazer aqui uma revisão dos aplicativos já apresentados, introduzindo, quando houver, a última atualização e separando-os pelas áreas: planejamento financeiro, desenho (técnico e artístico), fotografia, apresentação de trabalhos e catálogo de plantas. No próximo post a respeito, vamos dar uma olhada nos aplicativos de previsão do tempo que podem auxiliar no nosso trabalho.

 


 Desenho (Como desenhar a mão livre e ajustar sua planta baixa usando o iPad)

Quanto ao desenho, não há o que se queixar. O iPad é uma ferramente fundamental nesse quesito, tanto pela praticidade quanto pelas funcionalidades que traz. A mais notável é que você pode fazer desenhos artísticos profissionais a mão livre, valendo-se, se preferir, de uma canta styllus de sua preferência ali mesmo, junto ao cliente, ou em seu escritório e enviando por e-mail, junto com a planta baixa, um croqui. Outra, é a possibilidade de levar o seu arquivo CAD para o campo, ou entrevista com o cliente, e fazer os ajustes e anotações necessárias ali mesmo, para depois trabalhar no seu AutoCad Desktop. Vamos então aos melhores aplicativos na categoria:

Sketchbook Pro para iPad:

Dentre os apps para desenho, sobressai-se este, embora hajam muitos outros e muito bons. Custando apenas $ 4,99 você tem a mãos uma ferramenta poderosa para realizar desenhos e croquis de forma rápida e eficiente. Permite trabalhar com até 12 camadas no modo normal e 4 no HD. Abaixo um exemplo de desenho de paisagem, retirada do site artist´svisualdiary.

Exemplo de paisagem usando o Sketchbook, do site Artist´s Visual Diary

Autodesk Sketch book Pro em ação

Autodesk AutoCAD

A ferramenta da Autodesk para o iPad não é tão sofisticada quanto o software para Desktop AutoCad, mas é bastante funcional e, no mínimo, prática. Com ela, você pode sincronizar seus desenhos e levá-los a campo ou para uma entrevista com o cliente. As anotações e pequenas alterações estão incluídas, com menos precisão do que no PC, mas já permitem que você adiante alterações e faça notas para, quando voltar ao escritório, já com o arquivo alterado, fazer os pequenos ajustes necessários.

Abra arquivos DFX e DWG no iPad

Permite marcar erros, ajustar detalhes do desenho e outras funcionalidades que podem ser muito mais práticas que as plantas em A3 ou A2.

O compartilhamento pode ser feito por e-mail ou através da nuvem da AutoDesk


Fotografia (Como tratar suas imagens com o iPad e iPhone).

Desconheço bons aplicativos de fotomontagem. Porém, alguns apps de fotografia podem ajudá-lo no tratamento de imagens de forma fácil e ao mesmo tempo profissional, e até mais agradável, quando precisa apresentá-las ao cliente, ou ajustá-la para um portfolio ou site. Com um iPhone, é claro, a tarefa é ainda melhor, pois, além dessas funcionalidades, você pode dispensar aquela sua câmera profissional quando o assunto são pequenos detalhes ou uma fotografia de campo para estudo. Eu gosto de utilizar esse aplicativos para esse fim:

 FilterStorm

O FilterStorm é uma espécie de laboratório fotográfico eletrônico. Não se compara com o PhotoShop porque seu alvo é a fotografia e não a imagem de forma genérica. Ainda assim, possui inúmeras funcionalidades semelhantes, como a utilização de camadas e filtros. Tem a vantagem do tablet, mais leve e portátil, além do atrativo de utilizar os dedos, e não um mouse, para fazer os ajustes.

Luminance

Muito mais simples que o filterstorm, o Luminance é recomendado para quem queira trabalhar com filtros “pré-fabricados” e com as curvas, luminosidade etc. É melhor que o Instagram nesse sentido.


 Apresentação (Como trabalhar e apresentar o seu trabalho de maneira atraente com o iPad)

Aqui, como no desenho, uma das funcionalidades mais atraentes para quem utiliza já o tablet. Começa pela praticidade de se utilizar um aparelho muito menor e mais leve que um notebook, além de menos espaçoso e “atrapalhado” que uma pilha de folhas ou uma planta baixa impressa. Com ele, pode-se tanto montar apresentações de PowerPoint ou se utilizar, o que eu prefiro, o Prezi.com como ferramenta. Quanto a esse último, pode-se dizer que é ferramenta muito mais avançada que o primeiro, de outra forma apenas uma versão informatizada dos velhos retroprojetores.

Keynotes, SmartOffice, Office HD², QuickOffice

Eis os mais reputados na categoria. Nunca os utilizei, mas faço referência porque são bem avaliados pelas publicações mais confiáveis. Equivalem ao PowerPoint, ao qual já me referi e do qual não gosto muito.

Prezi

O prezi é uma aplicação para desktop e web que revolucionou a forma como as pessoas fazem sua apresentação de trabalhos hoje em dia. Terá sido uma das melhores aplicações para o já quase extinto Flash, e pode até ser a única que sobreviva quando a Adobe interromper o suporte para as ferramentas em flash. Dê uma espiada no vídeo abaixo e veja porque eu prefiro o Prezi ao PowerPoint.

 


 Catálogo de Plantas (Como organizar sua coleção, planejar e gerenciar o plantio de seu jardim)

Jardineiros amadores, especialmente, vão gostar dessa seção. Embora eu ache que os desenvolvedores de apps ainda pecam em diversos aspectos, há alguns aplicativos bastante úteis nesse quesito. Vejam lá alguns que eu recomendo:

 iPflanzen

Esse aplicativo, todo em inglês, foi desenvolvido por uma equipe suiça, a mesma do iGarten e do iForest e, na realidade, é um complemento aos dois. Funciona como uma pesquisa na base de dados dos outros dois aplicativos, em que o usuário pode escolher diversos tipos de critérios (tipo da planta, folha, cor da flor etc.) e cruzá-los para obter a espécie desejada. Possui uma base de dados bem limitada (de mais ou menos 500 espécies) mas pode ser bastante útil. O grande problema, e isso, diga-se, vale para todos os aplicativos do gênero, é que estão voltados para o mercado Americano ou Europeu, o que diminui nossas chances de encontrar algumas das espécies mais utilizadas aqui.

Garden Pro HD

Esse aplicativo serve para quem precisa manter um diário de suas plantas e até pesquisar espécies, pestes e doenças. Mais uma vez, aqui, o problema é que ele é totalmente voltado para o mercado norte-americano. Ainda assim, pode ser utilizado normalmente por nós, adicionando as nossas próprias plantas.


 E você, que aplicativos costuma utilizar? Conhece outros?

This is box title
Se você conhece outros aplicativos, já utilizou alguns desses ou quer simplesmente discutir sobre eles, escreva aí embaixo.

 

Semana que vem, eu volto com outros aplicativos interessantes para Jardinagem e Paisagismo

 

 

About Frederico Teixeira Gorski

Frederico Teixeira Gorski é bacharel em Psicologia pela Universidade Federal de Santa Catarina. Estudou Teatro na Universidade Estadual de Santa Catarina e iniciou seus estudos em paisagismo com a professora Jane Pilotto, no curso Paisagismo Ecológico. Desde a Psicologia, interessou-se pelo estudo do Espaço Urbano. Em 2011, criou a primeira versão do Jardim de Calatéia como blog, com a intenção de transformá-lo em um portal que reunisse artigos que abrangessem desde a Arquitetura Paisagística, até o estudo botânico, passando pelas artes visuais.